22.3 C
Lagoa da Prata
domingo, outubro 17, 2021
spot_img
Mais

    Últimas Notícias

    Meu Cantinho de Ouro

    Ali no armazém do Sr. João Bahia ficava a divisa do centro com o bairro do mandiocal. Ali na rua principal de acesso à praia, naquele núcleo de comércios, estava o Armazém da usina Luciânia, a farmácia do Sr. Irineu, prateleiras repletas de Biotônico Fontoura.

    As lojas dos Srs. Dico Pedrosa e Loja Tavares, ali em frente um comércio vitalício da tradicional família do Sr. Zé Julieta; venda, depois armazém e hoje, supermercado, de pai para filhos, de filhos para netos.

    O engraçado é quê! Eles não conseguiram emplacar ali, o bairro Zé Julieta pois! O Sr. Dico Pedrosa não aceitava que dissessem que seu comércio ficava lá no mandiocal, ele sempre se defendia: “Não! Meu comércio é lá no cantinho de “ouro””. Por ele ser um cidadão muito influente, emplacou ali, o definitivo “cantinho de ouro”.

    Estas famílias migraram para o centro, mas um fato inusitado segurou o cantinho de ouro, por longos anos, ” um recinto do cantinho de ouro era onde se vendia sorrisos”, mas também sucumbiu e desapareceu com o efeito dominó (gandaião, ou seja, a noite),

    Mas, a tradicional família Zé Julieta não conseguiu emplacar ali, um bairro definitivo com seu nome. A velha guarda ainda mora lá o cantinho de ouro, mas! A mídia do setor imobiliário chegou com força total para desaparecer com o “cantinho de ouro”, mas! Para a sorte de nossa cidade, o Walter Sylva, Editor do jornal Conexão, construiu ali o edifício ”Avôhai” e o ”Bar Cantinho de Ouro”. Assim com esta atitude, ele resgatou e eternizou o nosso belíssimo cantinho de ouro.

    Latest Posts

    spot_imgspot_img

    NÃO DEIXE DE VER

    Notícias por e-mail

    Receba nossas atualizações e fique bem informado todo dia.