21.7 C
Lagoa da Prata
domingo, outubro 10, 2021
spot_img
Mais

    Últimas Notícias

    À Deriva

    Por: Maria do Rosario

    O mundo passa por momentos difíceis, alguns inusitados, como essa pandemia, pesadelo que nem nos mais terríveis prognósticos de terror, pensaríamos em viver, pois o avanço da tecnologia e as conquistas da ciência cada vez mais nos faziam acreditar que estávamos caminhando a passos largos para uma vida mais segura e cheia de comodidades.

    De repente, surge do nada um micro inimigo invisível, que coloca por terra toda a nossa confiança no futuro, nossos planos e esperanças de um mundo melhor. E como se não bastasse isso, temos vivido dias de conflito diário, disputas políticas, guerras midiáticas, um mundo de intrigas e fake news com disseminação de ódio, semeando medo, mentiras e discórdias, mostrando uma face do brasileiro que eu não conhecia.

    Vejo meu país se dividir por causa de divergências políticas, pessoas se tornando inimigas de outras por causa de opiniões contrárias, com o poder político incentivando ações que até há pouco julgávamos enterradas no passado.

    De repente descobri que eu não conheço bem a alma do povo brasileiro.  Achava que éramos cordiais, solidários, companheiros e que tínhamos na união e na fé, a força para a sobrevivência. Não somos. Descobri que na maioria, somos competidores de lutas que às vezes nem são nossas.

    Abraçamos ideais sem fundamentos e não enxergamos o preço alto que na certa iremos pagar por causa desses abraços impensados, muitas vezes impulsionados pela falta de conhecimento, movidos apenas pela simpatia ou por revanchismo.

    A maioria de nossa população não se preocupa em conhecer nossa história, em acompanhar os fatos que compõem a nossa trajetória social e política, por isso são tantas vezes iludidos, ludibriados e enganados.  Embarcam no navio sem saber o destino, preocupados apenas com a paisagem.  É uma pena.

    Estamos à deriva nesses tempos. Não sabemos ainda o caminho e nem as consequências da chegada onde novas rotas estão nos conduzindo. A queda de braço entre o governo e o Supremo, a postura das Forças Armadas diante de possíveis conflitos políticos e a ferocidade da disputa pela manutenção no poder nos levam a sentir apreensão, angústia, temor e desilusão com o nosso futuro.

    Infelizmente a maioria de nossos representantes políticos pensam primeiramente em si, para depois se preocuparem com aqueles que representam. Prova disso é o alto índice de corrupção que envolve as bancadas em todas as esferas. 

    A política brasileira por longas e longas décadas tem sido a porta de entrada para a riqueza rápida e fácil dos donos do poder.  Protegidos, é claro, pelas leis que eles mesmos sancionam, sempre priorizando seus privilégios e direitos em detrimento dos direitos do povo, prova disso foi a recente mudança do Fundo Partidário, uma fortuna a ser gasta com propaganda política ou apropriadas de forma fraudulenta, como acontece em cada pleito.

    Enquanto isso, milhares de brasileiros padecem com a fome, com o desemprego e com as carências sociais que o momento atual só faz avançar a galope.   Mas o pior disso tudo, é ver o brasileiro assimilar que essa prática é natural, que política é assim mesmo e que o Brasil não tem jeito…  Pouco a pouco, alguns começam a abrir os olhos e a reação tardia começa a se fazer presente de vez em quando.

     Ainda teremos muito sofrimento até ver a justiça social ser implantada com   seriedade e consciência em nosso país. Serão precisos alguns tropeços no meio do caminho para aprendermos o rumo certo e a seriedade com as nossas escolhas. Mas ainda aprenderemos. Pelo riso ou pela lágrima, aprenderemos. 

    E eu espero sinceramente que o aprendizado nos faça melhores, mais unidos e mais solidários na luta por um mundo melhor, onde a dor seja breve e o sorriso permanente, coroando os nossos sonhos.  Um país tão cheio de riquezas e possibilidades como o nosso não merece um povo que seja entrave para o seu crescimento e nem políticas que tragam grilhões, ao invés de liberdade, igualdade e progresso. Eu acredito que dias melhores virão. Eu ainda quero acreditar na sensatez e na capacidade do povo brasileiro.                                                           

    Maria do Rosário

    Latest Posts

    spot_imgspot_img

    NÃO DEIXE DE VER

    Notícias por e-mail

    Receba nossas atualizações e fique bem informado todo dia.